A rodada do nosso Brasileirão

Nessa rodada do Nacional, não dei meus palpites pois estava um pouco ocupado. Hoje, porém eu volto a postar aqui no meu blog um outro texto, sobre futebol é claro, no que é inspirado esse “glorioso” blog.

Sem mais delongas, vamos falar sobre o que interessa. Futebol, lógico.

No Campeonato Brasileiro desse fim de semana, com a 12ª rodada, tivemos vários clássicos pelo Brasil. Veja os jogos e o balanço da rodada para vocês:

Sábado
Atlético-GO 1 x 1 Guarani – Serra Dourada – 18h30
São Paulo 2 x 1 Ceará – Morumbi – 18h30
Fluminense 3 x 1 Atlético-PR – Maracanã – 18h30

Domingo
Avaí 4 x 1 Goiás – Ressacada – 16h00
Palmeiras 1 x 1 Corinthians – Pacaembu – 16h00
Internacional 0 x 0 Grêmio – Beira Rio – 16h00
Vitória 1 x 3 Botafogo – Barradão – 16h00
Grêmio Prudente 1 x 2 Santos – Prudentão – 18h30
Flamengo 0 x 0 Vasco – Maracanã – 18h30
Atlético 0 x 1 Cruzeiro – Arena do Jacaré – 18h30

Primeiramente, para começar esse balanço da 12ª rodada do Brasileirão, devemos falar da troca da liderança do torneio. O Corinthians teve o clássico contra o time do Palmeiras; havia a estreia de Adilson Batista no time do Parque São Jorge e do outro lado, um veterano no jogo, o comandante do penta, Luiz Felipe Scolari. O resultado foi um bom im a um, bem movimentado com dois gols que não foram marcados para o Palmeiras, um pênalti, e outra penalidade máxima que não foi marcada, e que desta vez iria para o lado corintiano. Tivemos um gol bonito marcado pelo Corinthians, em um contra-ataque mortal, com toques e movimentação rápida. Bruno César continua bem. No sábado, o time do consagrado Muricy Ramalho, o Fluminense enfrentou o Atlético-PR. Em um dia inspirado de Conca, o Flu meteu 3 a 1 nos paranaenses, com dois de Washington. É, talvez esse seja o time certo para ele jogar. Um time que joga em função de servir o cara fazedor de gol. Com essa boa vitória, o Tricolor das Laranjeiras tinha ficado líder, e permaneceu com o empate do Corinthians, que perdeu o primeiro lugar do Campeonato Brasileiro.

No sábado também, o São Paulo foi a campo no Morumbi contra o Ceará. Precisava da vitória para mostrar que pode sim recuperar o que foi perdido. Pois é, com titulares, não todos, o time de Gomes venceu o Ceará, com uma boa partida de Ricardo Oliveira. Ele fez o segundo gol da vitória são-paulina, e Fernandão fez o primeiro. Ele entrou no lugar de Xandão, e atuou o segundo tempo como meia, mais recuado. Parece que exerceu bem a sua função. Para o time do Ceará, um certo alerta: a equipe não vence há cinco jogos no Brasileirão.

Empates nos jogos de domingo, nos clássicos. No Fla-Vas, Felipe, vascaíno, mostrou que joga bola ainda. Fernando Prass, arqueiro da meta do Vasco também mostrou que pega muito bem no gol, pegando uma sequência de três bolas em um ataque do Fla. O Flamengo não leva três pontos há três partidas.
No Grenal, outro oxo. Uma partida sem gols e sem muito o que dizer. Só temos que dizer que o goleiro colorado Renan está numa fase muito boa.

No domingo, o único clássico sem empate foi o jogo entre os mineiros do Atlético e do Cruzeiro. Com um gol lindo de Wellington Paulista, o Cruzeiro de Cuca conseguiu levar os três pontos, dando muita confiança a equipe cruzeirense, que teoricamente pega uma equipe mais fraca na próxima rodada, o Prudente. Para o Atlético-MG, bem, outro péssimo resultado. Péssimo para Luxa também, que faz um trabalho horrível até o momento. É verdade mesmo. Em doze jogos, foram 3 vitórias conquistadas. Um empate e OITO derrotas. O aproveitamento é de 27.8 %. A equipe atleticana é a penúltima na tabela do Brasileirão.

O Santos jogou no domingo contra o Prudente no Prudentão em Prudente. A vitória santista de certa tranquilidade para a Copa do Brasil, pois não se pode deixar de marcar pontos. Essa vitória foi importante para o Santos, dando a sétima posição a equipe da Vila, e está com 18 pontos.

O Botafogo conseguiu uma ótima vitória. Ótima mesmo. No Barradão, contra o Vitória, Jobson marcou duas vezes na partida. Coroou uma boa vitória em um bom jogo da equipe de Joel Santana. A equipe é a 10ª colocada no Brasileirão. O time baiano do veterano Ramón é o 13º na tabela.

O Avaí foi muito bem, melhor que o Bota. Venceu um fraco Goiás em casa, que errou muito no jogo. Muitos passes errados e displicência. O time catarinense venceu bem e coroou uma boa fase no pós-Copa. Em cinco jogos após o Mundial, o Avaí venceu 3 e empatou 2. Sem derrotas.

O jogo do morrinho zagueiro não foi lá nada de algo interessante. Empate de duas equipes medíocres. Atlético-GO 1 x 1 Guarani.

TIMES DA RODADA: Avaí, Fluminense e São Paulo

JOGO DA RODADA: Fluminense 3 x 1 Atlético-PR; pudemos ver uma equipe jogando um bom futebol, eficiente ofensivamente e defensivamente também, e possui um maestro que tem liquidado jogos diariamente. É Conca-craque, o argentino dono da dez do Flu. Foi um jogo para ver agora o melhor time do Campeonato Brasileiro, e que só se fortaleceu com o não-ida de Muricy a Seleção Brasileira. É o time do momento, muito forte e consistente que ganhou a cara do cara dos últimos 4 anos para o futebol. Muricy tem um time muito bom na mão, candidatíssimo ao título do Brasileirão.

Por: Felipe Saturnino

Anúncios

2 Comentários to “A rodada do nosso Brasileirão”

  1. Felipe, parabéns pelo blog e pelo post, que está perfeito, sem retoques. Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: