Real provou ser real

No jogo da terça pela Champions League, o Real Madrid bateu o Milan por 2 a 0, jogando um futebol digno de aplausos.

Foi pouco pelo que foi jogado. O Real consistente e muito responsável sabia o que estava fazendo, era um time compacto, muito interessante de se ver jogar. A equipe madridista foi jogar em um 4-2-3-1, com dois volantes, Xabi Alonso e Khedira, sendo que os dois sabem sair jogando, porém Khedira é mais um volante de marcação; uma linha de três, com Özil centralizado, Ronaldo pela esquerda e Di María pela direita, e mais a frente, Gonzalo Higuaín, único atacante. Essa linha de três foi fundamental no Madrid; Cristiano Ronaldo jogou muito bem nessa partida, dando muito trabalho ao setor de Zambrotta, na direita do lado do Milan. Özil jogou demais, foi simplesmente impecável na armação, fazendo boas jogadas com Cristiano e Ángel Di María, que jogou muita bola, dando trabalho no lado do pobre Antonini, que só soube jogar ali, sem apoiar. Também se desse apoio pela esquerda, no lado de Seedorf, Di María iria realmente fazer a festa pela lateral do campo. Vimos um Milan muito mal, com as linhas de seus jogadores afastadas e sem criatividade nenhuma. O Real soube administrar e ficar com a bola quando se precisava, mas o Milan não se estabeleceu em pleno Bernabeu, noite para se esquecer para o time de Milão.
Ronaldinho não fez nada demais, talvez uma jogada de efeito, mas deu um belo passe para o gol desperdiçado por Seedorf. Aí vocês colaboram também, né Seedorf?
Pirlo cobrou uma falta na trave e Gattuso, sempre guerreiro, não conseguiu impedir Ronaldo por aquele lado esquerdo do campo. Pirlo, mais centralizado, na teoria teria um confronto com Mesut Oezil, mas ele jogou muita bola. Aliás, só para complementar, todos no Madrid jogaram muita bola. E ainda o comportamento tático da equipe foi muito bom. Em certo momento, até mesmo Higuaín estava formando uma linha de marcação ao Milan, dificultando a saída da bola da defesa milanesa.
Essa defesa não contou com Thiago Silva, mas contou com o ótimo zagueiro italiano Nesta, que não esteve bem nesta partida.

Enfim, o Real provou ter algo consistente em seu time. E seu time tem um técnico que é tão galáctico quanto aos jogadores de sua equipe. José Mourinho é um ótimo técnico que já está formando uma equipe muito forte, consistente e compacta. Parece que o Real parece ser uma ameaça, aliás, ameação não, um time que pode ser campeão mesmo da Liga e tirar o bicampeonato do Barcelona no campeonato nacional.
O Real é real, pelo menos desta vez.

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: