São Paulo faz boa Copa do Brasil. E só

A Copa do Brasil é o torneio mais democrático no cenário nacional. Abrange os mais diversos clubes – muitos desconhecidos – das regiões do Brasil. Esse é um dos charmes dessa competição.

A ambição de conquistar o título apontam para uma singularidade: a vaga sagrada na Copa Libertadores da América. Quem está disputando a Copa do Brasil, então, não só disputa um torneio comum, mas disputa sim um campeonato de grande importância que almeja a vaga na Libertadores.

Agora, aqui começa o post de hoje. O São Paulo, clube que conquistou 3 taças Libertadores, 3 Mundiais Interclubes da FIFA e estava disputando o torneio sulamericano há 7 anos consecutivos, hoje joga a Copa do Brasil. O que não é motivo para desprezar o momento do clube. O que ocorre é que deixar uma competição tão grande no cenário internacional, há vezes, que pode ser algo bom. Divulgar a imagem da equipe no âmbito nacional também é importante para a sustentação de uma expansão de torcedores e simpatizantes do tricolor paulista.

E o São Paulo almeja a Libertadores, como todos os outros. Até agora, o momento da equipe na competição não é ruim. Aliás, é bom. Passou por seus adversários, está nas oitavas e com um pé nas quartas, fase que teria como adversário o Avaí.
Porém, é bom notar que o São Paulo mesmo fazendo uma boa Copa do Brasil por aqui, é uma equipe que ficou devendo em alguns jogos.
Por exemplo, na ida contra o Santa Cruz. Jogo difícil, o time de PC Carpegiani não teve como se dispersar da forte marcação do time pernambucano e centralizou muito o jogo, mesmo com algumas jogadas laterais. A equipe não teve Lucas em campo, já que o mesmo fora anulado por um algoz do Santa. O Sampa perdeu por placar simples e na volta, como era de se esperar, pressionou o Santa até Ilsinho fazer o segundo, sacramentando a vitória paulista.
No jogo de ida das oitavas, mesmo ganhando, o Sampa poderia ter acabado com a história na ida. Poderia ter tomado o ônibus e ido embora, mas, não aproveitou a chance.

É fundamental citar que a análise daqui que faço é em relação ao potencial da equipe do São Paulo, que tem nível bem maior que os de seus adversários. A classificação contra o Santa, um pouco dramática e a vitória merecida mas displicente do Tricolor contra o Goiás fazem com que o Sampa olhe com mais cuidado para seus adversários e aproveite as chance com menor arrogância, mesmo que essa não ocorra. A arrogância que cito aqui é prepotência que em alguns momentos, os torcedores tricolores desprezavam quando algum torcedor rival comemorava o título da mesma competição que a equipe hoje disputa. O Sampa tem um dos 3 melhores elencos do Brasil hoje mas tem que ser menos arrogante em momentos. Menos displicente. Mais decisivo. Talvez isso faça com que a equipe se torne mais intimidadora do que já é, o que, possivelmente, faria com que o São Paulo levantasse a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história.

Siga-me no twitter: felipesaturno

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: