Messi faz 52º tento na temporada, e mostra o distintivo do Barcelona

O jogo de hoje foi quase igual aquele do Campeonato Espanhol, que terminou em 1 a 1.

Pois é, foi quase. Só falo que foi quase pois os jogos se assemelhavam por exemplo, em seus respectivos enredos. O Real teve um expulso naquele como nesse jogo. Daquela vez, a equipe achou um pênalti. Desta, não achou não, não mesmo…

O Real Madrid utilizou aquela formação, naquele mesmo estilo. Um meio-de-campo com tripé de Xabi Alonso, Pepe e Lassana Diarra. O primeiro jogava, como característica, centralizado. Lassana Diarra era o volante que atuava pela direita e Pepe atuou na esquerda. Iam à frente Cristiano Ronaldo, – centralizado – Özil, que jogava pela direita e o argentino Di María, atuando no lado esquerdo.
Porém, o Real Madrid não suportou ao Barcelona. Talvez tenha errado pois os passes e os toques sutis que a equipe barcelonista trocava no meio-de-campo fossem imparáveis. Na verdade, não eram. Hoje, o Barcelona demonstrou que não tinha muito jeito de perder. A equipe de Pep Guardiola mudou seu jeito de jogar. Messi, o cara, apareceu pro jogo, pediu a bola, partiu pra cima, criou jogada, entre outras coisas.
O que o Messi representou no jogo foi o fundamental. Foi o que o Barça não teve na Copa do Rei, sem querer desmerecer o Real Madrid, que realmente foi melhor. Aliás, é difícil estabelecer um critério na análise: Messi não jogou o que pôde como hoje no dia da final da Copa do Rei e por isso o Madrid foi campeão? Messi foi apagado naquele jogo. Mas aceitar o jogo com demérito porque Messi não fez o que podia é errado. O Real Madrid jogou aquele jogo como ninguém tinha feito contra o Barcelona.
Dessa vez, foi diferente. Messi jogou muito. Não se pode desprezar o homem de 50 gols numa temporada, unicamente. O que Messi pode fazer transcende uma tática, uma estratégia de jogo. Ele pode romper barreiras, desmontar esquemas, quebrar recordes. É por isso que fez o que fez.

Claro que posso citar aqui também a expulsão de Pepe, não tão legal. Foi, ao menos para mim, justa. E devo afirmar que até a expulsão, o Real Madrid estava mais incorporado ao jogo. Mas, para que tanto? Pepe demoliu a tática de José Mourinho, que ainda é o melhor técnico que há. Porém, agora, vai ter que engolir o desgosto de perder do maior rival, do rival que mais provocou durante a semana.

E enquanto isso, Messi mostra o distintivo do Barça ao Bernabéu. Após jogada de Afellay pelo lado de Marcelo, saiu o gol. O brasileiro errou, deu espaço para o holandês cruzar e Messi penetrou na defesa madridista e, como o melhor, antecipou a zaga para depois, vencer Casillas. E o segundo foi uma pintura. Foi brilhante.

Messi mostrou sua categoria, seu finesse, elegância e sua habilidade ao Bernabéu mais uma vez. Em alguns momentos, o conjunto raro de essas características pode transformar um jogador em unanimidade mundial. O estágio de Messi, hoje, é esse.

*Para muitos que reiteram uma análise tática, o jogo foi quase igual ao primeiro da série. Só não foi porque Messi reinou. A tática madridista de fórmula antibarcelonista foi implantada, mas, dessa vez, não foi páreo para Messi em um dia como outros. Se Messi tivesse ficado como no jogo anterior da série, diríamos e elogiaríamos a estratégia do Madrid. Mas, como sempre, mas, aconteceu o que aconteceu. E o que eu acho é: se o Madrid fez na Copa do Rei, poderia muito bem ter feito hoje. A fórmula consegue até fazer Messi jogar mal. Hoje, porém, o mesmo voltou para buscar jogo, e nos fez pensar e dizer que, novamente, está em nível de estágio para o melhor do mundo.

Brilhantismo em pessoa - Lionel Andrés Messi é o gênio no Bernabéu

Siga-me no twitter: felipesaturno

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: