O improvável dos impossíveis e o provável dos possíveis: Santos e Palmeiras jogam nesta noite

Depois de uma goleada estrondosa e vergonhosa sofrida diante do Coritiba em Curitiba, o Palmeiras joga a dignidade nesta noite. Se é que ainda exista alguma no time alviverde. Mas deve existir. Em algum lugar. Só ainda me pergunto muito sobre o que o Coxa pôde ter feito para destruir a equipe de Felipão. Em uma situação dessas, ou um jogou em alto nível ou outro falhou muito em seu sistema de jogo. Ou, em outra hipótese, até mesmo os dois podem ter ocorrido. Mas fato é que hoje, é uma partida para colocar de novo um pouco de dignidade no bolso dos palmeirenses. E que não seja dito que é impossível. É o mais improvável dos impossíveis. Porém, nada é impossível. Pode, em chances quase nulas, de fato, ocorrer. Eu, porém, duvido muito. Creio que o time do Paraná vá vencer o jogo e manter a invencibilidade diante do Palmeiras. E isso só vai gerar mais crise no Palmeiras. Felipão argumentou, mesmo que sem razão, contra o Corinthians; de fato, na oportunidade, a equipe jogou mais com um homem a menos. Desta vez, Felipe não tem argumento. E Marcos, se de um jeito, falou a verdade, de outro pôde ter colocado no furacão. Sua declaração, mesmo que tenha ao menos um pouco de verdade, só colocou mais para baixo.

Sobre o Santos, caso diferente. Muito. A equipe não tomou seis na ida, já que a ida é agora. E o jogo contra o Once Caldas na Colômbia será o fator determinante. Para mim, um resultado muito negativo pode cessar e anular as chances do Peixe. Por outro lado, um empate pode muito bem aumentar as chances do Peixe. Ou não. O Once perdeu em casa e virou fora, contra o ex-Barcelona do Brasil. É melhor eu ficar quieto para não ficar imparcial novamente. Para mim, hoje dá empate. Mas o Once é líder do campeonato colombiano e perdeu somente uma vez em casa no campeonato. Porém, na Libertadores, perdeu duas vezes jogando sobre seus domínios. Em final dos fins, o Once Caldas é time que tem que ser respeitado.

É óbvio que o Santos vai perder muito sem Ganso, mas Neymar deu lampejos de complexidade tática no domingo. Hoje, ele pode ser mais uma vez decisivo. Tomara que, no mínimo, jogue bem.

Siga-me no twitter: felipesaturno

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: