Copa América IV – Brasil 0 x 0 Venezuela: O pior do Brasil de Mano Menezes

Pouco jogo para tanto talento. Muito pouco.

Uma péssima estreia. E era o Brasil de Ganso, Neymar, Pato, Robinho. Era também o pior do Brasil reeditado por Mano Menezes, após quase um ano de trabalho pela seleção. E na competição sul-americana, Mano colocara em campo o seu time ideal. Pouco importa se a equipe atuara uma vez apenas junta, vencer os venezuelanos era fundamental, uma obrigação propriamente dita.

Não foi o que aconteceu. Foi pouco Ganso. Escasso Neymar. Um Robinho com vontade, que pouco futebol teve enquanto jogou. Pato, no caso, foi o melhor em campo, ao menos para mim. Mano Menezes também errou. Feio, aliás. Era o próprio 4-2-3-1 que era o ideal. Há de se citar, porém, que os 15 minutos iniciais foram muito bons. Movimentação pelas laterais, com a entrada de Dani Alves e André Santos, Neymar e Robinho rodando ao redor de Ganso, e Ramires, aparecendo pelo ataque, dando suporte nas jogadas de criação. E lembrávamos, enquanto isso, de Ganso. Uma das coisas que faltou ao Brasil de MM: Ganso. E ele estava lá. Jogou. Mas fez uma partida fraquíssima, pífia.
O meia santista errou alguns passes, acertou mais outros. O que tem de se falar é que Ganso não conseguiu fazer o que de melhor poderia fazer: criar. Ficou preso entre os volantes venezuelanos. Começou a perceber o erro que cometera. Voltara e buscara bola. Não conseguira fazer o jogo desejado. E os volantes venezuelanos – Lucena e Rincón – não eram dos melhores. Neymar era outro que não conseguia jogar, pouco fez. Jogando como de costume, no lado esquerdo, conflitava com o lateral venezuelano, Rosales. Este pouco errou.
E não, não falemos que a Venezuela marcou bem ou se retrancou totalmente diante o Brasil. Ambas as coisas não se propuseram a ocorrer. No segundo tempo, aliás, a Venezuela realmente se projetou ao ataque, tentando algo para cima do Brasil. Realmente conseguiu: um empate. O que mais delicioso que empatar diante o Brasil, com um time limitado venezuelano? Nada. A Venezuela foi perfeita no jogo. Sabia o que queria e sempre deixou muito claro isso. O empate foi o melhor resultado que se poderia esperar.
O Brasil de Ganso foi hoje um Brasil sem criação. Faltou Ganso para tocar, cadenciar, dar passe com qualidade, etc. E também parece que faltou técnico. Mano simplesmente preferiu dar à Robinho o banco, pondo Fred em seu lugar. Pato foi puxado para a função do milanista. Pouco pensou MM que, momentos depois, colocou Lucas, o jovem são-paulino, tirando Pato da posição que, pela ideia lógica, Mano resolvera ter dado ao atacante milanista. Não funcionou. Aliás, não funcionaria.

Há de se citar que se Mano não conseguir um time coeso nos próximos dias, o Brasil se verá dependente de Ganso, quando digo em planos alternativos para o Brasil do dia de hoje. Se houver uma Gansodependência, aí sim, o Brasil estará em péssimos lençóis. Visando o que ocorreu hoje, espero que diante de um adversário bem mais forte, o Paraguai, o Brasil terá um jogo mais parelho, com mais espaço. Mesmo assim, não afirmemos que a Venezuela jogou em uma retranca total, ela apenas se fechou, como outras equipes. Ganso não conseguiu jogar, representando a escassez em jogadas de criação. Neymar e Robinho não foram tão efetivos nas jogadas individuais de condução de bola, assim como Pato não aproveitou as chances que teve. O Brasil de Mano Menezes, hoje, me pareceu um time dos mais confusos e deficientes. Mesmo tendo Ganso e cia., teve-se uma dificuldade enorme para produzir, criar, achar espaços. Este é o pior lado de um Brasil ainda em formação. Mas que os erros foram de se ressaltar, foram sim.

Por: Felipe Saturnino

One Comment to “Copa América IV – Brasil 0 x 0 Venezuela: O pior do Brasil de Mano Menezes”

  1. Faltou algum lampejo de genialidade do Ganso ou de algum outro… tem que decidir pra ser craque, nao adianta fama…tem que jogar muito pra ganha a copa america senao vai ficar com algum time qualquer esse campeonato.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: