Copa América VIII – Argentina 0 x 0 Colômbia: Frustração

Como bom degustador de futebol que sou, sempre penso no que pode, na melhor das hipóteses, ser melhor ao futebol. E como gosto deste esporte, não posso deixar de afirmar que a feição de Messi na partida de hoje me deixou um pouco preocupado. O grande craque simplesmente não consegue emendar bons jogos pela seleção albiceleste. Isto, em suma, pode o fazer longe de atingir seu ápice vencendo um Mundial, tendo atuações memoráveis pela Argentina. Talvez a diferença crucial entre este e Maradona seja a do improviso na hora em que se veste a camisa da Seleção. O que não reduz os méritos dele no Barça, mas não atribui mais referentes à Argentina.

A Argentina, hoje, sofreu dos mesmos problemas da estreia, simplesmente encontrando uma equipe melhor que a Bolívia. A Colômbia poderia incomodar, e, de fato, incomodou. Moreno fizesse o gol na primeira etapa, após trabalhada fatal de Gabi Milito na zaga, estaríamos, aqui, fazendo comentários e críticas mais incisivas à Argentina.
O 4-1-4-1 colombiano que encaixotou a Argentina, por manter o time bem marcado e inapto para armação de jogo, bastou. A Argentina já tivera se matado entrando com o mesmo time da estreia, com o mesmo 4-3-3 que, sem um meia para desafogar Messi, dependia do mesmo a armação do jogo. A presa fácil Messi bastou ao olhar colombiano. O jogo foi decidido o aspecto do engache defensivo da Colômbia, com Sánchez fazendo a defensiva, protegendo a defesa de, principalmente, Messi.
Batista simplesmente deu de ombros a possibilidade de usar Javier Pastore ou Di María. Para mim, não fez nada-com-nada ao substituir Cambiasso por Gago na etapa complementar, tornando mais longinqua a ideia de uma ligação meio-ataque com qualidade. Diante disso, o papel de Messi, aqui neste caso, é mais fundamental do que tudo que está implícito no jogo. A Colômbia por muito pouco não venceu o embate, errou. Falcão perdeu chance. Dayro Moreno, claro, perdeu a mais clara de todas. Aquela, para mim, seguisse o jogo o mesmo rumo, decidiria o jogo. E foi perdida.

Messi - frustrado

Mas, mais que tudo, ficou evidente, mais que fator tático e estratégico, a frustração de Lionel Messi. Fico triste e abertamente digo aqui que, torci para Messi neste jogo. É um prazer ver o argentino jogar. Só sinto que, ao garoto, restaram as dúvidas e incertezas diante do desafio que se torna jogar com a camisa da Argentina. Preocupa-me também o futebol que, de uma forma, pode perder um talento, simplesmente por não conseguir atuar com a equipe nacional. Já disse que o que gosto no rapaz é seu futebol, apenas parece que ele não desabrocha na seleção nacional. Isso faz a história um pouco mais preocupante, tamanho talento que o atacante de 24 anos possui. Mais que tudo, a um jogador que tanto aprecio, me preocupa sua frustração. Triste.

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: