Copa América X – Paraguai 2 x 2 Brasil: Paraguaios mereciam vencer e brasileiros mereciam perder

Futebol não tem merecimento. É lógico? É. O jogo é simples. Quem empurrar a bola para dentro da baliza mais vezes, vence. Simples assim. Se houvessem pontos adicionais para quem jogasse mais futebol, seria bem diferente. Mas, em suma, tem lógica, sim.

O Paraguai jogou mais que o Brasil. Óbvio que não foi “brilhante”, claro que não foi. Aliás, se fosse, o Brasil não conseguiria emparelhar o confronto. Os paraguaios jogaram bem nos minutos iniciais, foram mais eficientes, pouco erraram, e encaixotaram o Brasil em duas linhas de quatro homens. Quer dizer, encaixotaram em um termo. Outro termo é afirmar que o Brasil simplesmente jogou mal. Jogou pouco, de fato – apesar de considerar somente isso como fonte do resultado um pouco de muito simplismo. Porém, Ganso foi melhor hoje – mesmo sabendo que seu limite é maior. Ramires não fez um jogo eficiente em subidas ao ataque, ou mais especificamente, infiltrações. Lucas – do Liverpool – fez um jogo burocrático no meio-de-campo. Outro que tem mais chegada à frente, pode, então, fazer mais. Pois Ganso, bem, pode mais, mas não vem jogando o que pode, pois pode mais. E Neymar também pode mais. Assim como Pato – que fez um jogo péssimo. Jádson, bem, não me agrada muito. Mas, se o objetivo do jogo é colocar o objeto-alvo – a bola, no caso – para dentro da baliza, bem, neste caso, ele atuou bem. Dentro dos seus devidos termos. Atuou pela direita, dando suporte para Ganso na criação. Uma boa proposta de Mano.

O Brasil foi melhor hoje do que contra a Venezuela. O Paraguai, porém, foi melhor que um Brasil um pouco pobre em jogadas de criação, e também pobre em finalizações. Neste caso, finalizações que, de fato, trazem perigo ao adversário. Não lembro-me de muitas. Os adversários brasileiros, porém, tem um time com mais cara de time. Um conjunto, entendem?

Paraguaios - mereciam vencer


Os paraguaios são robustos, fortes. Não, não força física. Força expressa e incorporada de uma forma tática e estratégica. As duas linhas de quatro, com Estigarribia saindo eficientemente pela esquerda – este, aliás, participou do primeiro gol paraguaio. No resto da linha, três jogadores que não são criativos, mas que dão força ao Paraguai. Vera, Riveros e Ortigoza compuseram a linha paraguaia, com eficiência. O Brasil não casou com esta linha adversária; Ganso pode mais, mas atuou com um time robusto. Esta é a importância de uma infiltração e um tipo de elemento alternativo para aparecer pela frente. E Neymar não fazia um bom jogo.

Os gols paraguaios surgiram mais de erros brasileiros do que jogadas paraguaias. Porém, não podemos retirar os devidos méritos a um time que, mais robusto, marcou forte e que soube o que queria o tempo inteiro. De fato, acreditava que se o Brasil fosse perder para um time, perderia para os paraguaios, que são fortes e tem um time e um esquema bem claros. O Brasil, em contrapartida, está apenas se formando; muito pouco tempo de trabalho – o que não significa que a equipe não possa ser criticada. O Paraguai mereceu vencer, pois foi mais time, se postou bem e teve seus devidos méritos em um desempenho fraco do meio-de-campo brasileiro – isto inclui Neymar. Sabia o que queria; o Brasil, porém, ainda em formação, foi pouco eficiente em suas jogadas, mas empatou também com seus méritos – poucos, aliás. Agora, agradeçam a Fred o empate.

Fred - pelo empate, agradeçam a ele

E o Paraguai mereceu vencer, de fato. O Brasil, por pouca presença de um volante pela frente – mas não só por isso – fez um jogo pobre, apesar de ser melhor que diante a Venezuela, e mereceu perder. Mas, de fato, em jogar melhor, com mais claras estratégias e melhor desempenho de seus jogadores – principalmente os meias – o futebol não atribui merecimento. É um jogo fantástico, que, com um time empatando no último minuto, iguala até os ânimos, de um Brasil que pouco tem jogado, e um Paraguai que tem atuado bem, mas não tem vencido. Por isso, este é o futebol que conhecemos. Intrigante, não?

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: