Copa América XIII – Chile 1 x 0 Peru: Merecimento e justiça

Assuntos diferentes, coisas diferentes. Merecer é uma coisa, outra é fazer justiça.

Todo time que vence, de uma forma, merece. Por pouco errar, por acertar mais que o adversário, por ser mais oportuno, por ser mais inteligente taticamente e se aproveitar dos erros de seu rival.

Fazer justiça, porém, é um assunto distinto. Justiça é algo que deveria, com alguma razão, acontecer.

O merecimento, então, de uma forma, atua, ao menos no futebol, sobre a justiça. O Chile venceu e mereceu, mas o empate seria mais justo.

E pouco importou para o time chileno. A equipe saiu com uma ótima imagem da fase de grupos, jogando um futebol de boa qualidade, com consistência, responsabilidade, e alguma consciência – coisas que prezo em times que analiso.
Borghi foi de 3-4-1-2, com um engache avançado diferente: Jiménez. Este se responsabilizava por fazer a bola transitar com cuidado pelo meio-de-campo. Porém, as saídas mais perigosas não aconteciam com ele, e sim com Beausejour, winger esquerdo do Chile. O técnico chileno ainda optou por um meio-de-campo com uma contenção de jogo maior, desprezando saídas periféricas – refiro-me a Fierro, que pouco apoiou hoje. Aliás, Fierro não é de fazer isso, mesmo. Enquanto isso, o Peru jogava com praticamente 5 jogadores defensivos. Ramos, Acasiete, Revoredo, Carmona e Corzo. Um time com pouca saída de laterais – Carmona apoiou por um lado, deixando brechas para Beausejour, e Corzo, pela esquerda, limitou-se apenas a marcar. Lembro-me de uma (UMA!) subida de Corzo no jogo inteiro.
Diante isso, os peruanos, pobres em apoio, tinham que apostar no meio-de-campo – mesmo sabendo que o Chile era mais time. González, Guevara e Ballón aproximavam-se de Chiroque e Ruidíaz pela frente. Falando nisso, o problema chileno está no lado esquerdo, onde se deixa muito espaço por Beausejour. O primeiro tempo foi bom, e só. O segundo melhorou pelas expulsões – o próprio dito Beausejour e Carmona, que travavam um duelo pelo lado esquerdo chileno, direito peruano. Não foi por isso que deixaram a peleja, e sim por terem se batido em um lance parado – oras, haviam tantas chances de isso ocorrer com a bola rolando. Assim sendo, os tempos mudaram. Valdívia entrou para ajudar o meio-de-campo construir um gol, que livraria o Chile da Argentina. Por conseguinte, naturalmente, o Chile terminou o jogo com Carmona e Medel pelo meio-de-campo, ao lado de Valdívia e Jiménez. Alexis Sánchez também entrou, fazendo o lado direto, aproximando-se de Suazo. A equipe terminou em algo do tipo como 3-2-2-2. O Peru se manteve mais conservador, mas mesmo assim teve as chances de vencer o jogo – acredite. Baseando-se em três zagueiro perdendo o lateral, a tática foi completar o lado com Revoredo e Vilchez.
Após um jogo muito parelho, com chances para ambos os lados, vimos um tal de Carrillo dar o jogo com um gol contra para os chilenos.

O melhor futebol da Copa América ainda é chileno, por ser o mais consistente, com toques verticais, movimentação dos “wingers”, conjunto equilibrado. Os argentinos fizeram a melhor exibição da Copa América, verdade sim. Falta, apenas, tornar a Argentina uma ameaça real, consolidando o bom futebol. Consolidando Messi também.

Os chilenos, então, mereceram. Sabendo, porém, que ambas as equipes tiveram duas chances ótimas para dar um passo à frente e seguir como primeiro do grupo.

Voltando para a ideia central, merecimento e justiça estão, para mim, distantes no futebol.
E o Chile saiu como líder de seu grupo, e é a melhor equipe da primeira fase da Copa América. Veremos se o time de Borghi seguirá pela frente e deixará de ser mais um coadjuvante de figurões como Argentina, Brasil e Uruguai, passando para, finalmente, uma campeã protagonista. Esperemos pra ver até o final de semana.

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: