Bayern vence mas tem problemas

Jupp Heynckes, o bom técnico do Bayern de Munique, campeão da Champions League da temporada 1997-98, tem muito coisa a organizar no time bávaro.

Heynckes manteve o esquema proposto por Van Gaal, desde o início de seu trabalho. O 4-5-1 com três meias ofensivos, que funcionou na campanha de Van Gaal para levar o Bayern até a final da Champions League 2009-2010.
Na ocasião, a equipe alemã desbancou times como Juventus, United e Lyon para chegar à decisão diante a Inter de Milão. Foram campeões nacionais e venceram a Copa da Alemanha.

Mas o trabalho foi conturbado. Mesmo assim, o 4-2-3-1 prevaleceu, e assim hoje prevalece com Jupp Heynckes.
Na equipe bávara de hoje, os meias ofensivos foram Thomas Müller, Ribéry e Kross. Os volantes eram Luiz Gustavo – aliás, foi ele que fez o tento – e o ótimo Schweinsteiger.

O problema é a criação. Sabendo que Kross é o meia central, fica evidente a falta de criatividade do meio-de-campo. A questão é que a equipe tem Schweinsteiger como um organizador natural vindo de trás. Mas os ‘wingers’ – Ribéry e Müller – fizeram um jogo fraquíssimo hoje.

E precisava-se muito de um meia central eficiente na articulação. Quando os volantes surgiram de trás, o problema se amenizou.

O trunfo surgiu logo quando Luiz Gustavo apareceu no ataque, chutando e não dando chance de Diego Benaglio pegar a bola.

Quando os volantes compartilham a função de criação, o jogo fica mais leve. Schweinsteiger não é problema, mas a questão é como ficam Kross e Luiz Gustavo. O primeiro é muito talentoso, mas não é um nato armador e o brasileiro é seguro e regular, e ainda possui boa chegada à frente. Há de se dizer que os jogadores mais extremos, que são Ribéry e Müller, também tem de fazer jogadas laterais com maior eficiência, e não devem centralizar tanto o jogo.

Com a vitória de hoje, o Bayern faturou seus primeiros três pontos na Bundesliga, mas a equipe apresenta problemas.

Mas, mais importante, os problemas tem soluções. E são soluções que podem se encontradas dentro do próprio time que jogou hoje.

Jupp Heynckes - técnico do time bávaro tem problemas, mas tem soluções

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: