City é forte, criativo, autoritário e candidato a títulos

No City de Mancini se percebe uma opção por um esquema 4-4-2 que pode sofrer transição para o 4-2-3-1, dependendo de como Kun Agüero se posiciona em campo. O argentino, então, participa da criação e também da conclusão de jogadas em campo.
Com isso, Milner, David Silva, Yaya e Barry completam a zona intermediária do Manchester City, com velocidade e criatividade no setor. Um meio-de-campo que, de tão funcional, chegou a ter posse de bola digna de Barça hoje, no Reebok Stadium – 64% diante o Bolton.

Yaya Touré e Barry dominaram as ações e jogaram como gente grande, como de fato, são. No duelo contra os volantes adversários, Reo-Coker e Fabrice Muamba, os dois dos Citizens venceram um confronto simples. Afinal, são muito técnicos e participam tanto das tarefas defensivas quanto das ofensivas.
O que há de se dizer também que, dessa forma, Silva e Milner exclusivamente são wingers que não são imóveis. Silva, como chamei no post passado, era um falso winger que podia jogar por dentro e pela lateral. Mas hoje fica claro que a proposta de Mancini é fazer a equipe rodar o máximo possível, com Agüero, mesmo assim, sendo determinante no esquema. Sabe-se que o argentino também pode jogar pelos lados e assim, configura-se uma transição centrada em três dos ‘centros’ ofensivos do City – Agüero, Silva e Milner.

E o City foi autoritário. Só sofreu nos minutos iniciais diante o Bolton. Pouco importaria. A equipe de Manchester veio disposta a vencer, mandar no jogo e mostrar que pode brigar por muito mais do que uma Premier League – sim, o time pode ser competitivo, e muito, na Champions League.

Com o 4-4-2/4-2-3-1, o Manchester City venceu o jogo com gols de David Silva, – em falha declarada e assinada do goleiro Jaaskelainen – Gareth Barry e Dzeko, outro que fez um ótimo jogo.

O 3 a 2 representa um resultado relevante que, para uma temporada tão longa, mostra-se como uma janela para títulos e mais títulos.

Pois sim, o City empolga, manda no jogo com seu meio-de-campo poderoso, é autoritário, tem um dos 5 melhores elencos do mundo e, por isso, pode ganhar muitos títulos.

Já é líder, com 7 gols feitos e 2 sofridos e ainda 100% de aproveitamento. Lá em cima, vai disputar com United, ainda um degrau acima, e com Chelsea, um degrau abaixo dos Citizens.

Por: Felipe Saturnino

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: